Aforismos sobre 0 Bebê de Bridget Jones

(eterno rascunho)

giphy.gif

O nome do terceiro filme da “franquia” Bridget Jones (uma espécie de heroína, porquê não?), assim como BJ: No Limite da Razão (2004) não começa com “O Diário” como o primeirão, de 2001. E o diário físico realmente não tem mais lugar, embora ela ainda rabisque e desenhe em umas folhas soltas de papel, o velho amigo aqui agora é uma página branca no tablet, que em alguns momentos vemos como se fosse a tela. Há breves comentários anotados, mas escutamos a voz dela em off durante um bom tempo….

Pera, por falar em tempo… a vida tá corrida, então para não deixar de escrever minhas impressões aqui, vou colocar pensamentos soltos (Se até Nietzche já lançou livro assim, quem nunca?) ao invés de espremer o cérebro pra fazer sentido em um testículo – que afinal de contas pouca gente vai ler (já basta meu casório com falecido Bergman no TCC…) =/

giphy-4

  • Renée Zellweger está linda aos 47 (passa tranquilo por 43 da personagem) e continua fofa, independente de ter feito plástica ou não… Realmente uma Milf =P
  • Prova de que sou velha o bastante pra me identificar/ ter vivido a época: Eu também não reconheci o “moço da Starbucks Coffee”!

giphy-1

  • Festivais tipo Lollapalooza *cazamiga* é mesmo uma das melhores experiências que se pode ter na vida, estando solteira ou não – me aguarde 2017! – , e pena que ainda não há acomodações aconchegantes (ou mesmo camping) no evento no Brasil…

giphy-2

  • Uma sequência específica que envolve uma apresentação profissional me levou de sorrisos > a gargalhadas > a lágrimas nos olhos! Teria passado muita vergonha alheia se não estivesse bem a vontade e sem sapato na última fileira da cabine com apenas três pessoas… Ainda sim meus risos ecoaram pelo cinema…
  • Algumas cenas mais efusivas do trailer foram cortadas (e dessa vez eu não dormi nadinha!)
  • mR. dARCY * ___ *

giphy-3

  • Não penso mesmo em ter bebês, mas com a luz e a musiquinha certa um guri pode fazer chorar (mais)!
  • Além do saudosismo, por motivos pessoais (aqui não é mais o cartasacris, rham rham), a identificação com a trama me deixou bastante emotiva para uma comédia romântica, snif! ._.

Bridget-Jones-Gallery-04.jpg

Queijos, pessoal!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s